Juventude(s) negra encarcerada: a oficialização do cárcere ou vítimas de um sistema excludente?

Marlene Almeida de Ataíde

Resumo


Este artigo tem como objetivo realizar uma reflexão crítica à luz de autores que discutem sobre a temática da juventude na perspectiva de levantar os fatores que levam ao encarceramento os jovens, principalmente, aqueles que pertencem à raça negra, residentes quase que majoritariamente nas periferias urbanas, local onde as políticas sociais públicas costumam atuar de costas para esses sujeitos. Na atualidade, são alarmantes os dados disponíveis pelos institutos de pesquisas no que diz respeito ao aumento do índice de jovens encarcerados no sistema prisional brasileiro, sistema esse excludente, pois que, não propicia que esses jovens retornem à sociedade e possam levar uma vida com dignidade.


Palavras-chave


juventude(s); criminalização da pobreza; sistema carcerário, preconceito; estigma.

Texto completo:

PDF