Transformações institucionais contemporâneas: uma análise sobre as relações não presenciais

Paulo Roberto de Carvalho

Resumo


A Psicologia Social destaca a análise das instituições que distribuem funções e operam a socialização. No período atual, uma abordagem histórica da rede institucional revela que as instituições foram transformadas por um mesmo processo: a emergência e consolidação de relações não presenciais. O presente estudo objetivou analisar as instituições compreendendo como as mudanças nas funções que as sociedades capitalistas lhes atribuem. A metodologia adotada foi qualitativa que se caracteriza pelo estudo aprofundado dos acontecimentos sociais, considerando os discursos e práticas de seus agentes. Como resultado, a pesquisa delineou as principais mudanças no âmbito institucional que as sociedades modernas enfrentam.


Texto completo:

PDF PDF (English)


ISSN 1980-6906 (on-line)