Relações entre evasão, satisfação com escolha profissional, renda e adaptação de universitários

Rodolfo Augusto Matteo Ambiel, Leonardo de Oliveira Barros

Resumo


A adaptação acadêmica é um fator importante para a permanência ou evasão dos estudantes nos cursos universitários. Esta pesquisa teve como objetivo verificar correlações entre a adaptação acadêmica e os motivos para evasão do ensino superior, controlando pelas variáveis renda e satisfação com a escolha profissional. Utilizou-se a Escala de Motivos de Evasão do Ensino Superior e o Questionário de Adaptação ao Ensino Superior em 198 universitários de instituições públicas e privadas brasileiras, 85,4% do sexo feminino, com idade média de 20,92 anos. Constatou-se que estudantes com clareza do projeto de carreira tem menos motivos vocacionais para evasão e que alunos mais adaptados social e emocionalmente apresentam menores motivos para evadir em função do desempenho acadêmico. Constatou-se que a satisfação com a escolha pode facilitar a adaptação gerando melhor desempenho e que a renda tende a potencializar ou minimizar os motivos para evasão de acordo com o suporte financeiro e social recebido. 


Texto completo:

PDF


ISSN 1980-6906 (on-line)