¿DE QUÉ HABLAMOS LOS HISTORIADORES DEL DERECHO CUANDO HABLAMOS DE DERECHO?

  • Carlos Garriga Universidad del País Vasco
Palavras-chave: história jurídica crítica (ou cultural); localização do direito; historiografia jurídica.

Resumo

RESUMO: Partindo do desenvolvimento da história jurídica crítica iniciada na década de 1980, como alternativa radical à historiografia tradicional, este ensaio reflete sobre o papel decisivo que a nossa concepção do direito tem na "representação do historiador" e do que conta como direito em cada caso. Neste contexto, este artigo propõe uma abordagem do direito como uma dimensão da cultura, estranha a qualquer apriorismo, e identifica os principais desafios teóricos que isso coloca à situação atual da historiografia jurídica - caracterizada pela dialéctica entre a globalização e a localização.

PALAVRAS-CHAVE: história jurídica crítica (ou cultural); localização do direito; historiografia jurídica.

 

Biografia do Autor

Carlos Garriga, Universidad del País Vasco

Doutor em Direito pela Universidade de Salamanca. Professor de História do Direito na Universidade do País Basco, UPV/EHU.

   
Publicado
2020-06-08
Seção
Artigos