DESIGUALDADE DE GÊNERO NAS CARREIRAS JURÍDICAS

  • Priscilla Nascimento Silva Mestra em Direito Político e Econômico e graduada em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM)
  • Patrícia Tuma Martins Bertolin Professora do Curso de Graduação em Direito e do Programa de Pós-Graduação em Direito Político e Econômico da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM)
Palavras-chave: mulher, igualdade, desigualdade, gênero, direito, carreiras jurídicas, políticas públicas, ações afirmativas

Resumo

O presente trabalho propõe-se a uma investigação sobre desigualdade de gê-
nero no Brasil, especialmente no âmbito das carreiras jurídicas. Para tanto, realizam-se
um regaste histórico e um levantamento de dados que revelam uma alarmante situa-
ção, para então refletir sobre as perspectivas futuras e possíveis medidas de enfrentamento.

Biografia do Autor

Priscilla Nascimento Silva, Mestra em Direito Político e Econômico e graduada em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM)

Mestra em Direito Político e Econômico e graduada em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM).
Advogada e professora de inglês jurídico.

Patrícia Tuma Martins Bertolin, Professora do Curso de Graduação em Direito e do Programa de Pós-Graduação em Direito Político e Econômico da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM)

Doutora em Direito do Trabalho pela Universidade de São Paulo (USP). Professora do Curso de Graduação em Direito e do Programa de Pós-Graduação em Direito Político e Econômico da Universidade Presbiteriana Mackenzie
(UPM).

Publicado
2019-11-14