TDAH nas epilepsias: prevalência e fatores de risco

Luciana Cristina Pimentel, Roberta Monterazzo Cysneiros

Resumo


O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) representa uma das comorbidades mais prevalentes da epilepsia, mas a associação entre ambas as condições é pouco compreendida. Esta revisão sistemática da literatura foi realizada em base de dados eletrônica (Medline/Pubmed), no recorte 2011-2016, com o objetivo de investigar os fatores associados à comorbidade. Aplicados os critérios de elegibilida­de, foram selecionados 15 artigos. A prevalência de TDAH na epilepsia variou ampla­mente de 5,3% a 64,9%. Apesar de o TDAH estar presente nas epilepsias focais e generalizadas, alguns tipos ou síndromes epilépticas, como a epilepsia rolândica e a epilepsia frontal, foram fortemente associados aos sintomas de TDAH, especialmente naqueles indivíduos com epilepsia recém-diagnosticada, com crises pouco controladas e com eletroencefalograma anormal.

Palavras-chave: epilepsia; TDAH; comorbidade; fatores de risco; prevalência.


Palavras-chave: Epilepsia. TDAH. Comorbidade. Fatores de risco. Prevalência.


Texto completo:

PDF