Estratégias de diagnóstico e avaliação psicológica

Maria de Fátima Araújo

Resumo


Este artigo discute algumas das principais estratégias de diagnóstico e avaliação utilizadas pelos psicólogos na prática clínica. O termo estratégia é usado aqui como o meio, o caminho ou o procedimento empregado para atingir determinado objetivo. Na primeira parte do texto, é realizada uma breve contextualização histórica do desenvolvimento das práticas de avaliação psicológica, destacando as principais influências que marcaram esse campo de atuação da Psicologia. Em seguida, discute-se a importância do psicodiagnóstico como instrumento tradicional de avaliação psicológica, suas variações dentro das abordagens psicanalítica e fenomenológica, e outros procedimentos clínicos de diagnóstico menos estruturados. Ao final, constata-se que esse campo de atuação engloba hoje uma pluralidade de estratégias e destaca-se a importância de atualizar essa discussão nos cursos de graduação em Psicologia, uma vez que as novas demandas colocadas para os psicólogos exigem constantes reflexões e atualizações dessas práticas.

Palavras-chave: estratégias de avaliação diagnóstica; avaliação psicológica; Psicologia Clínica; fenomenologia; psicanálise.


Texto completo:

PDF


ISSN 1980-6906 (on-line)