A participação dos avôs no cuidado dos netos em uma comunidade ribeirinha amazônica

Thamyris Maués dos Santos, Simone Souza da Costa Silva, Fernando Augusto Ramos Pontes

Resumo


Nas famílias, o nascimento de uma criança redimensiona a dinâmica familiar, formando além do papel de filho e de mãe, os papéis de pais e avós. Assim, busca-se descrever os papéis desempenhados por pais e avós expressos nas atividades executadas por duas famílias ribeirinhas moradoras do rio Araraiana, no estado do Pará, que vivenciaram o momento de nascimento. Os instrumentos de coleta de dados foram entrevistas semi-estruturadas e diários de campo. Nesta comunidade, os avôs tendem a adotar seu primeiro neto como último filho. Esta tendência predomina por conta da extrema pobreza em que vivem, agravada pela inexperiência dos pais acerca dos cuidados necessários ao recém-nascido. Na família 1, esta tendência foi concretizada e na família 2 esta adoção foi impedida pelo pai, por conflitos com os modelos de papéis de paternidade ideais dos avôs da criança. 

Palavras-Chave: Família, Papel, Relação entre gerações, Relações entre pais-filhos, Nascimento

 


Texto completo:

PDF


ISSN 1980-6906 (on-line)