Problemas de comportamento, ansiedade e habilidades sociais de crianças pré-escolares

  • Aline Francine Corrêa Vaz Universidade Federal do Espírito Santo
  • Alessandra Brunoro Motta Loss
  • Larissa Zeggio Perez Figueredo

Resumo

Este estudo descreveu indicadores comportamentais, de ansiedade e habilidades sociais de crianças pré-escolares, a partir do relato dos responsáveis e professoras. Responsáveis e professoras de 38 crianças (52,6% meninas, média de idade de 5,34; DP = 0,48), matriculadas em escola municipal, responderam aos instrumentos: Questionário de Capacidades e Dificuldades (SDQ), Escala de Ansiedade Pré Escolar (PAS) e Escala de Comportamentos Sociais de Pré-Escolares (PKBS-BR). Os dados foram analisados por estatística descritiva e inferencial. Resultados indicam que a maioria das crianças foi referida na faixa normal para problemas comportamentais e ansiedade. Responsáveis e professoras divergiram, com os responsáveis atribuindo mais déficits em Ansiedade Total, Perturbações Obsessivo-Compulsivas, Medo de Dano Físico e Ansiedade de Separação (PAS); Problemas Externalizantes e Hiperatividade (SDQ); e Problemas Internalizantes e Externalizantes (PKBS). Verificou-se correlação entre as variáveis, reforçando a interdependência entre aspectos do desenvolvimento socioemocional. Esses achados podem subsidiar propostas de intervenção para promoção de comportamentos pró-sociais no contexto escolar.

Palavras-chave: ansiedade, comportamento social, habilidades sociais, prevenção, criança.

Publicado
2020-04-14
Seção
Desenvolvimento humano