Maternidade e sofrimento social em mommy blogs brasileiros

Carlos Del Negro Visintin, Tânia Maria José Aiello-Vaisberg

Resumo


Esta pesquisa objetiva investigar o imaginário coletivo sobre a maternidade. Justifica-se na medida em que esta, apesar de suas facetas gratificantes, parece associa­da, na contemporaneidade, a sofrimentos socialmente determinados. Organiza-se pelo uso do método psicanalítico, operacionalizado em termos de procedimentos investiga­tivos de levantamento, seleção, registro e interpretação de postagens de blogues pes­soais brasileiros. A consideração do material permite a produção interpretativa de dois campos de sentido afetivo-emocional: “Sou mãe, logo existo” e “Mãe exclusiva”. Tais campos indicam a prevalência, no conjunto do material, de um imaginário coletivo que favorece o sofrimento emocional com pesadas exigências à mulher.

Palavras-chave: maternidade; sofrimento social; imaginário coletivo; mommy blogs; método psicanalítico.


Texto completo:

PDF