São Luiz do Paraitinga: resiliência pós-desastre de uma cidade patrimônio nacional

Tania Cristina Bordon Mioto Silva, José Geraldo Simões Júnior

Resumo


A cidade de São Luiz do Paraitinga, referência histórica e cultural do Vale do Paraíba paulista, foi arruinada por uma inundação em 2010, resultado do transbordamento do rio Paraitinga que circunda a cidade. Esse cataclismo atingiu edificações referenciais e o núcleo histórico tombado (desde 1982), pelo Condephaat, causando a destruição parcial ou total de diversos bens. Nas ações pós-desastre, um dos aspectos a destacar foi a reconstrução da Igreja Matriz São Luiz de Tolosa, em 2013, uma das principais referências da memória de seus habitantes. A partir de uma abordagem que contempla o patrimônio cultural, a memória coletiva, os marcos legais antes da inundação, a descrição do desastre, foram destacadas as ações emergenciais pós-inundação, nas quais o envolvimento da comunidade em sinergia com as ações da defesa civil e organismos patrimoniais, garantiu um processo de forte resiliência, que foi a marca da reconstrução da cidade.


Palavras-chave


São Luiz do paraitinga, Patrimoniuo Cultural, Desastre e Resiliência

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Tania Cristina Bordon Mioto Silva, José Geraldo Simões Júnior