Os Projetos para o Bairro do Pacaembu e o Debate Urbanístico em São Paulo

José Geraldo Simões Junior

Resumo


Em 1913 a Cia City apresenta um primeiro projeto para o loteamento da área do vale do Pacaembu. A Prefeitura paulistana recusa essa versão e tal fato acaba conduzindo essa companhia a convidar o eminente arquiteto inglês Barry Parker para resolver a pendência do Pacaembu e projetar novos loteamentos na cidade. O diálogo técnico estabelecido entre Parker e o Diretor de Obras Municipais, Victor da Silva Freire conduz a uma revisão das normativas urbanísticas, levando à aprovação de uma nova lei dos arruamentos muito mais avançada em termos ambientais e técnicos - a lei dos Arruamentos de 1923. Este episódio foi aqui abordado utilizando fontes documentais ainda inéditas a respeito do projeto para o bairro - e mostra não somente a estreita conexão de Freire com o então recente ideário urbanístico internacional, mas também a possibilidade de um novo projeto ser aprovado para a área do Pacaembu, inaugurando um modelo de implantação que seria ampliado para outras áreas da cidade.

Palavras-chave


Pacaembu; urbanismo; São Paulo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 José Geraldo Simôes Junior