Pedagogia Social: uma análise sobre a práxis do educador voluntário da Children's International Summer Village

Rogério da Costa Ribeiro, Suelly Aparecida Galli Soares

Resumo


Em decorrência das demandas sociais por disseminação da cultura de Educação para a Paz, a atuação do educador voluntário tem ganhado campo de atuação no âmbito da educação escolar e não escolar. Este estudo aborda a práxis do educador voluntário da organização não governamental Children International Summer Village (CISV), que se autocompreende como educação não escolar atuando em confluência com a educação escolar, sob o viés da Educação para a Paz. Uma perspectiva educacional que parte do pressuposto que a Paz se cria, num processo de construção contínua de justiça social, para um mundo mais justo, pacífico, solidário e humano. Esta abordagem visa investigar a atuação prática do educador voluntário CISV e correlacionar os objetivos e princípios educacionais da organização CISV com os pressupostos da Pedagogia Social. O tema desta investigação interessa às áreas de Educação, Serviço Social e Gestão de Projetos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de cunho exploratório e descritivo. A observação participante do pesquisador na realidade em estudo foi utilizada como instrumento para coleta de dados. Como resultado, percebeu-se que a educação para a Paz, tanto na perspectiva do CISV, quanto da Pedagogia Social Freireana, parte do pressuposto que a Paz se cria, num processo de construção contínua.

Palavras-chave


Pedagogia Social; Educador Voluntário; Educação não Escolar; CISV; Educação para Paz;

Texto completo:

PDF