Mídia nacional e internacional do projeto de cultura e design: as bordadeiras de Entremontes

ana paula silva moreno

Resumo


 

Este artigo busca analisar como a mídia nacional e a internacional fizeram a cobertura de mídia impressa do projeto de design dos irmãos Campana, referências mundiais em design, quanto à intervenção em um patrimônio imaterial da cultura popular brasileira. A pesquisa foi embasada no projeto “Fusões e Inserções”, conduzida na comunidade de bordadeiras de Entremontes (Alagoas), a qual preserva sua cultura por meio do bordado “redendê”. Este bordado existe a séculos, trabalhado pelas bordadeiras da comunidade, também secular, o que levou em 2014, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação (IPTI) e os designers Fernando e Humberto Campana a realizarem projetos com as bordadeiras. Os irmãos Campana vivenciam as técnicas das bordadeiras e criam luminárias que foram exibidas no Rio de Janeiro durante as Olimpíadas de 2016 e em Milão durante o Salão do Móvel de 2017. Este artigo analisa e avalia qual o enfoque midiático quanto a questão da preservação desta cultura. 


Palavras-chave


Bordadeiras de Entremontes. Mídia impressa. Cultura popular. Patrimônio imaterial. Design.

Texto completo:

PDF