A autobiografia de uma arte/educadora: aspectos para uma pauta de discussões sobre a história e o ensino de arte no Brasil

  • Lucirene Andréa Catini Lanzi Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Arte/educadora do Ensino Fundamental II no Colégio Cristo Rei de Marília-SP. http://orcid.org/0000-0002-4400-2740
  • Rosane Michelli de Castro Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp-Marília-SP). http://orcid.org/0000-0002-7383-4810
Palavras-chave: Educação. História das disciplinas escolares. Autobiografia. Arte/Educação. Ensino de Arte.

Resumo

Resumo

O presente artigo apresenta resultados da investigação desenvolvida em nível de doutorado, entre 2013 e 2016, a qual teve como objetivo central analisar e interpretar aspectos da nossa vida e formação como arte/educadora, por meio da autobiografia, para uma história da disciplina Arte no Brasil. Tal formulação foi decorrente das assertivas de que o tempo de nossas vidas é constituído pelo passar do que nos passa, por nossas experiências. No entanto, uma vez interpretadas, tais experiências individuais pressupõem, também, uma articulação espaço-temporal, uma vez que são constituídas por e constituem experiências coletivas. Nesse sentido, nossa hipótese, comprovada e defendida por meio de nossa tese, foi a de que a compreensão do próprio processo de vida e formação como educanda e educadora de Arte constitui-se em fonte para futuras pesquisas sobre a história do Ensino de Arte no Brasil e, portanto, para o campo da história das disciplinas escolares. Neste artigo, apresentamos aspectos da autobiografia de uma arte/educadora que aprendeu a profissão a partir de seus próprios dilemas e questionamentos sobre a formação docente e suas práticas, trazendo Barbosa (2012) com sua perspectiva conceitual para alicerçar a sua prática, denominada Abordagem Triangular. Nesse sentido, buscamos contribuir para uma pauta de discussões sobre a história e o Ensino de Arte no Brasil.

 

Biografia do Autor

Lucirene Andréa Catini Lanzi, Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Arte/educadora do Ensino Fundamental II no Colégio Cristo Rei de Marília-SP.
Possui Licenciatura em Artes Visuais -Centro Universitário Filadélfia (2015) , graduação em Biblioteconomia - Universidade Estadual Paulista (1987) // Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2016) Mestrado em Tecnologia da Informação no Programa de Pós-Graduação de Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (2012) // Atua como Arte/Educadora no Colégio Cristo Rei - Marília-SP. // Participa do Projeto integrado de pesquisa A História da Didática em Instituições de formação de professores no Brasil (1827-2011) . Tem pesquisas nos seguintes temas: Formação de Professores, Didática, História da Educação, História das Disciplinas Escolares, com o foco em Arte/Educação, formação cultural, ensino de artes visuais no Brasil, lúdico na educação, ensino e aprendizagem de arte na educação básica (Educação Infantil ao Ensino Médio, como também o estudo das linguagens artísticas no Ensino Superior. Participa do Grupo de Pesquisa HiDEA - História das Disciplinas Escolares e Acadêmicas do Brasil.
Rosane Michelli de Castro, Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp-Marília-SP).
Atua como professora assistente na Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e como professora permanente junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da FFC - Unesp/Marília. Possui Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1995), Graduação em Educação Física pela Universidade de Marília (1988), Mestrado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000), Doutorado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005) e Pós-Doutorado pela Fundação Carlos Chagas (2010). Integrou o Programa Interinstitucional MINTER UNESP/UTFPR, entre 2013 e 2015. É membro do Conselho Editorial Acadêmico da Ed. Oficina Universitária - FFC-Unesp/Marília, consultora ad hoc da Revista de Estudos Pedagógicos (Rbep) e integra o quadro de assessores científicos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Coordenou o projeto integrado de pesquisa A história da Didática em instituições de formação de professores no Brasil (1827-2011) ? fase I: fontes para a pesquisa, com financiamento FAPESP (Processo n. 2012/10609-0) e coordena, atualmente, o projeto integrado A história da Didática em instituições de formação de professores no Brasil (1827-2011) ? fase II: periódicos educacionais brasileiros na conformação das disciplinas ou corpos de saberes de Didática. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Didática e História da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, ensino fundamental, ensino superior, pesquisa educacional. É membro integrante, na qualidade de pesquisadora - linha de pesquisa: Historia das ideias pedagógicas articuladas à divulgação de práticas e saberes - do Grupo de Pesquisa Estudos e Pesquisas sobre Cultura e Instituições Educacionais - GEPCIE. Também, é membro integrante na qualidade de pesquisadora - linhas de pesquisa: Didática, Currículo e Fundamentos da Educação, A pesquisa e a formação do educador, História da formação de professores no Brasil, e foi Líder do Grupo de Pesquisa GP FORME - Formação do Educador cadastrado no CNPq, entre 2009 e 2015. Atualmente, é líder do grupo de pesquisa também cadastrado no CNPq, desde abril de 2016, HiDEA-Brasil História das disciplinas escolares e acadêmicas no Brasil. (Fonte: Currículo Lattes)
Publicado
2019-08-30
Como Citar
Lanzi, L. A. C., & Castro, R. M. de. (2019). A autobiografia de uma arte/educadora: aspectos para uma pauta de discussões sobre a história e o ensino de arte no Brasil. Revista Trama Interdisciplinar, 9(2). Recuperado de http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/tint/article/view/10136