Movimentos oculares na leitura de palavras isoladas por jovens e adultos em alfabetização

  • Meiry Tiaki Ogusuko Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Katerine Lukasova Universidade Cruzeiro do Sul
  • Eliseu Coutinho de Macedo Universidade Presbiteriana Mackenzie

Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar o padrão de movimentos oculares de jovens e adultos em processo de alfabetização na leitura de palavras em português do Brasil. Os movimentos oculares foram analisados em 13 alunos do projeto Educação para Jovens e Adultos (EJA), considerados já alfabetizados, com idade média de 48,33 anos, sendo sete mulheres e seis homens. Sete alunos estavam na terceira série e seis, na quarta série do ensino fundamental. Avaliação da inteligência não-verbal foi feita com o teste das Matrizes Progressivas Raven. Foi usado o equipamento TOBII ® para registro dos movimentos oculares. Observou-se que o nível intelectual dos alunos encontrava-se entre mediana e definitivamente abaixo da média. Foi observado efeito da freqüência de ocorrência e comprimento da palavra no número de fixações e de sacadas para a frente. O número de sacadas regressivas foi em função da regularidade, comprimento e freqüência das palavras. Resultados mostram que as sacadas regressivas foram as mais sensíveis às variáveis psicolingüísticas.

Palavras-chave: leitura; movimento ocular; educação de jovens e adultos.

Publicado
2009-06-24
Seção
Artigos Originais