Salas de apoio pedagógico na concepção de professoras da sala regular

Heloiza Iracema Luckow, Aliciene Fusca Machado Cordeiro, Mariana Datria Schulze

Resumo


Resumo: Este trabalho tem como objetivo discutir as concepções de professoras da sala regular sobre as salas de apoio pedagógico. As participantes da pesquisa foram 68 professoras dos anos iniciais da rede municipal de ensino, as quais responderam a um questionário, autoaplicável e composto por 18 perguntas. Foram utilizados questionários considerados “não válidos” para os objetivos de uma pesquisa de mestrado. Para sua análise, adotou-se a análise de conteúdo, considerando os pressupostos da abordagem epistêmico metodológica do materialismo histórico e dialético. Este estudo demonstra que as condições de trabalho são determinantes para as ações docentes e afetam o processo de escolarização do estudante. Os resultados apontam para o fato de que, em geral, as condições de trabalho das professoras não favorecem o pensamento crítico e reflexões quanto a suas ações, o que propõe, em geral, uma concepção homogeneizadora e anulatória daquilo que constitui os estudantes como sujeitos.

Palavras-chave: trabalho docente; sala de apoio pedagógico; condições de trabalho; dificuldades no processo de escolarização; culpabilização dos estudantes.


Texto completo:

PDF