Evidências de Validade Convergente do Millon Clinical Multiaxial Inventory-III

Conteúdo do artigo principal

Heloísa Karmelina Carvalho de Sousa
Hannia Roberta Rodrigues Paiva da Rocha
João Carlos Alchieri

Resumo

Este estudo tem como objetivo verificar características de evidências de validade e sensibilidade do Millon Clinical Multiaxial Inventory-III (MCMI-III) em identificar traços patológicos em pessoas com necessidade de tratamento psicológico e/ou psiquiátrico usando o questionário de saúde geral de Goldberg (QSG) como instrumento de validade convergente. Foram avaliados 703 participantes com idades de 18 a 85 anos, dos sexos feminino e masculino, residentes e domiciliados em cidades brasileiras, representando todas as regiões do país. Os participantes foram divididos posteriormente em dois grupos (G1 e G2). Os resultados demonstraram que o grupo G1 (pessoas em tratamento) apresentou diferenças significativas entre as médias com relação ao grupo G2 (pessoas que não realizam tratamento). Por meio do QSG, resultados apontaram a relação com os escores do MCMI-III, contudo ainda são necessários estudos posteriores para confirmação dos resultados, além do estabelecimento de padrões normativos para a amostra brasileira.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Sousa, H. K. C. de, Rocha, H. R. R. P. da, & Alchieri, J. C. (2012). Evidências de Validade Convergente do Millon Clinical Multiaxial Inventory-III. Revista Psicologia: Teoria E Prática, 14(3), 88–100. Recuperado de http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/ptp/article/view/3587
Seção
Artigos

Referências

ALCHIERI, J.C.; NUNEZ, J.C.; CERVO, C.S.; HUTZ, C.S. Características de validade convergente e divergente de instrumentos de avaliação da personalidade com o Inventário de Estilos de Personalidade de Millon. Aletheia, v.3, supl. 28, p.119-134, 2008.

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-IV-TR. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.

BAKER, M.T.; VAN HASSELT,V.B.; SELLERS, A.H. Validation of the novaco anger scale in an incarcerated offender population. Criminal Justice and behavior, v. 35, supl. 6, p. 741-754, 2008.

BECK, A.T.; FREEMAN, A.; DAVIS, D.D. Terapia Cognitiva dos Transtornos de Personalidade. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

CRAIG, J. Millon Clinical Multiaxial Inventory – III. In: S. STRACK (Org.) Essentials of Millon Inventories Assessment. New Jersey: John Wiley & Sons, 2008. p.18-38.

CRAISSATI, J.; WEBB, L.; KEEN, S. The Relationship Between Developmental Variables, Personality Disorder, and Riskin Sex Offenders. Oxleas NHS Foundation Trust. Sexual Abuse: A Journal of Research and Treatment, v. 20, supl. 2, p. 119-138, 2008.

DAVIS, S. E.; HAYS, L. W. An examination of the clinical validity of the MCMI-III Depressive Personality scale. Journal of Clinical Psychology, v. 53, supl. 1, p.15-23, 1997.

GARDEN, N.; SULLIVAN, K. A.; LANGE, R. T. The relationship between personality characteristics and postconcussion symptoms in a nonclinical sample. Neuropsychology, v. 24, supl. 2, p. 75-168, 2010.

LENNY, P.; DEAR, G. E. Faking good on the MCMI-III: implications for child custody evaluations. Journal of Personality Assessment, v. 91, supl. 6, p. 539-553, 2009.

MILLON, T.; DAVIS, R.; MILLON, C. The Millon Clinical Multiaxial Inventory-III (MCMI-III). Minneapolis: NCS Pearson, Inc, 2006.

MILLON, T.; DAVIS, R.; MILLON, C. MCMI-III: Inventário Clínico Multiaxial de Millon-III– Manual. Madrid: TEA Ediciones, 2007.

MILLON, T.; DAVIS, R.; MILLON, C.; GROSSMAN, S. The Millon Clinical Multiaxial Inventory-III, Third Edition (MCMI-III) with new norms and updated scoring. Flórida, 2009. Disponível em: <http://www.millon.net/instruments/MCMI_III.htm>. Acesso em: 27 ago. 2009.

MILLON, T.; MILLON, C.; DAVIS, R.; GROSSMAN, S. Millon Clinical Multiaxial Inventory-III (MCMI-III). Flórida, 2010. Disponível em: <http://psychcorp.pearsonassessments.com/HAIWEB/Cultures/enus/Productdetail.htm?Pid=PAg505&Mode=summary>. Acesso em: 18 out. 2010.

Organização Mundial da Saúde (2011). Recuperado em 20 fevereiro, 2011 de http://www.who.int/mental_health/prevention/genderwomen/en/.

PASQUALI, L.; GOUVEIA, V. V.; ANDRIOLA, W. B.; MIRANDA, F. J.; RAMOS, A. L. M. Questionário de saúde geral de Goldberg: Manual técnico QSG (adaptação brasileira). São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996.

PASQUALI, L. Psicometria: Teoria dos testes na Psicologia e na Educação. Petrópolis: Editora Vozes, 2003.

SATEPSI. Recuperado em 15 junho, 2011, de http://www2.pol.org.br/satepsi/sistema/admin.cfm?lista1=sim, 2011

SISTIAGA, A.; URRETA, I.; JODAR, M.; COBO, A. M.; EMPARANZA, J.; OTAEGUI, D., et al. Cognitive/personality pattern and triplet expansion size in adult myotonic dystrophy type 1 (DM1): CTG repeats, cognition and personality in DM1. Psychological Medicine, v. 40, supl. 3, p. 95-487, 2010.