Arte, sociedade e a importância dos ready-mades na Bienal de São Paulo

  • Leonardo Schabbach Oliveira
  • Luísa Pinheiro
Palavras-chave: Arte Contemporânea, Bienal de São Paulo, Modernidade, Pós-modernidade, Pós-modernismo

Resumo

O presente artigo procura investigar as razões pelas quais se vê, na arte contemporânea, uma presença crescente de obras que refletem sobre a questão da autoria e também sobre os próprios fundamentos da obra de arte. Para tal, observa-se, na Bienal de São Paulo, a questão dos ready-mades e se busca, através disso, compreender melhor a relação entre arte, sociedade e filosofia, trazendo uma reflexão sobre como a visão da sociedade e dos indivíduos sobre a arte se modifica com o deslocamento de uma visão de projetos coletivos predominante na modernidade para uma visão individual de realidade presente no período pós-moderno.

Biografia do Autor

Leonardo Schabbach Oliveira

Comunicação e Cultura: Mídias e Mediações Socioculturais

Luísa Pinheiro
Educação, Artes e História da Cultura
Publicado
2020-04-28
Como Citar
Oliveira, L. S., & Pinheiro, L. (2020). Arte, sociedade e a importância dos ready-mades na Bienal de São Paulo. Revista Trama Interdisciplinar, 10(1), 75 - 89. Recuperado de http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/tint/article/view/11977