Limites e entrecruzamentos críticos entre ciência e sociedade: Max Horkheimer e seu materialismo interdisciplinar

Eli Borges Júnior

Resumo


No âmbito da proposta de reflexão da revista, “Encruzilhadas em Tempos Indeterminados”, oferecemos uma breve, mas muito oportuna, discussão sobre as aporias na relação entre ciência e sociedade a partir de um contexto-chave em que essa é problematizada: o Materialismo Interdisciplinar de Max Horkheimer. Procuramos, assim, apresentar algumas de suas principais características e limites, entrevendo possibilidades críticas de produção de conhecimento no interior do sistema de produção capitalista.

Palavras-chave


ciência e sociedade, materialismo interdisciplinar, Max Horkheimer, Teoria Crítica, Escola de Frankfurt

Texto completo:

PDF