Validação brasileira do Questionário de Ansiedade Social para Adultos (CASO)

Vicente E. Caballo, Isabel C. Salazar, Larissa Nobre-Sandoval, Marcia F. Wagner, Benito Arias, Lelio Lourenço, Equipe CISO-A Brasil

Resumo


Uma prática comum no campo da avaliação da ansiedade social em países de língua espanhola e portuguesa é o uso de instrumentos de origem anglo-saxã sem adap­tação prévia para o país de nova aplicação. Recentemente, desenvolveu-se empirica­mente o novo Questionário de Ansiedade Social para Adultos (CASO) com situações sociais provenientes da América Latina, da Espanha e de Portugal. Este artigo apresenta as propriedades psicométricas do CASO aplicado a uma amostra de 2.422 brasileiros. Os resultados mostram que o questionário mantém a sua estrutura original de cinco dimensões, com os seus 30 itens apresentando carga fatorial superior a 0,40 em cada um dos cinco fatores. A confiabilidade e a consistência interna são elevadas. Foram encontradas diferenças associadas ao sexo, com mulheres pontuaram de maneira mais elevada em três das cinco dimensões e na ansiedade social geral. Esses dados indicam que o CASO (SAQ) é uma medida válida e confiável para uso no Brasil.

Palavras-chave: ansiedade social; fobia social; avaliação; (SAQ); análise fatorial.


Texto completo:

PDF