Estratégias de cortesia para a preservação das faces

uma breve análise de feedbacks veiculados em Ambientes Virtuais de Aprendizagem

  • Tiago Messias Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Palavras-chave: face, cortesia, feedback

Resumo

Este artigo tem como tema as estratégias de cortesia utilizadas para a manutenção das faces em textos do gênero feedback. A hipótese é que as estratégias linguísticas são visam a preservação das faces dos interactantes. Elencamos a questão: quais são as estratégias de cortesia utilizadas que fomentam a manutenção das faces dos interactantes? Elencamos como objetivo central mapear e analisar marcas linguísticas de cortesia que promovem a manutenção das faces dos interactantes Como aporte teórico, articularemos as contribuições de Austin (1990), Goffman (2012) e Brown e Levinson (1987). Para análise apresentamos excerto de um texto do corpus de pesquisa a título de exemplificação.

Referências

AUSTIN, J. L. Quando dizer é fazer: palavras e ação. Porto Alegre: Artes Médicas: 1990.
BROWN, P.; LEVINSON, S. Politeness: Some universals in language usage. Cambridge:Cambridge University Press, 1987
GOFFMAN, E. Ritual de interação: ensaios sobre o comportamento face a face; Trad. SILVA. F.R. R. 2. Ed. Petrópolis, Vozes, 2012.
Publicado
2020-07-07
Como Citar
Messias, T. (2020). Estratégias de cortesia para a preservação das faces. Cadernos De Pós-Graduação Em Letras, 20(1), 32-42. Recuperado de http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/cpgl/article/view/13145