Engajamento e “engajamento” – Sartre, Adorno e Augusto de Campos

Pedro Mandagará

Resumo


Neste trabalho, analiso o conceito de engajamento, conforme empregado por Jean-Paul Sartre em seu livro Que é a literatura? (1989). A leitura do conceito é feita a partir da crítica de Theodor Adorno a Sartre (1975). Do contraste entre os dois pensadores, e de uma consideração mais atenta da margem do texto de Sartre, pretendi chegar a um segundo sentido de “engajamento”, também apontado por Souza (2008) e Goldthorpe (1992). Em seguida, faço uma leitura do poema “O pulsar” (1975), de Augusto de Campos, informada por esta visão marginal do conceito de “engajamento”.


Texto completo:

PDF