Tipos de narrador na ficção escocesa contemporânea de Irvine Welsh e James Kelman

  • Luis Felipe Rhoden Freitas Instituto Federal do Rio Grande do Sul
  • Patrícia Chittoni Ramos Reuillard Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Narrador. Focalização. Tradução. Adaptação. Literatura escocesa contemporânea.

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar diferentes tipos de narrador em excertos dos textos literários dos autores escoceses Irvine Welsh e James Kelman. Os autores são muito aclamados, fazem parte da assim chamada Renascença escocesa na literatura, e suas obras levantam a discussão sobre o tipo de narrador. O estudo será baseado nas reflexões de teóricos da narratologia que investigaram a questão do narrador/focalizador, tal como Gérard Genette e sua então inovadora obra, Discours du Récit e a partir dela.

Biografia do Autor

Luis Felipe Rhoden Freitas, Instituto Federal do Rio Grande do Sul

Professor no Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Campus Osório, doutorando no Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faz doutorado com afastamento/incentivo do IFRS.
Patrícia Chittoni Ramos Reuillard, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Professora na linha Terminologia, Lexicografia e Tradução: relações textuais do Programa de Pós-Gradução em Letras da UFRGS, Doutora pela mesma universidade.
Publicado
2020-04-01
Seção
Literatura