REDUÇÃO DO IPI NO SETOR AUTOMOTIVO E EM OUTROS SETORES DA INDÚSTRIA BRASILEIRA: UMA AVALIAÇÃO SOBRE OS IMPACTOS EM PREÇOS A PARTIR DA ANÁLISE DE INSUMO-PRODUTO

  • Luís Abel da Silva Filho Universidade Regional do Cariri - URCA/Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
  • Marcelo Pereira da Cunha Professor do Instituto de Economia - Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP

Resumo

Objetiva-se analisar os impactos da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre veículos automotores nos preços de 37 setores da economia; posteriormente, observar se tais impactos seriam mais acentuados se subsídios equivalentes àquela redução fossem aplicados em outros setores chave da economia. Para realizar estas avaliações, foi construído e empregado um modelo de insumo-produto, através das Tabelas de Recursos e Usos providas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o ano de 2013. Os resultados obtidos mostram que os efeitos sobre as reduções de preços são maiores e alcançam mais setores quando o subsídio é aplicado em setores chave da economia, como o de fabricação de químicos orgânicos/inorgânicos, resinas e elastômeros; produção de ferro-gusa/ferro-ligas, siderurgia e tubos de aço sem costura; e energia elétrica, gás natural e outras utilidades.
Publicado
2020-07-02
Seção
Artigos