Complexidade do texto e medidas de movimentos oculares em adultos leitores

  • Darlene Godoy Oliveira Programa de Pós-GRaduação em Distúrbios do Desenvolvimento Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Tatiana Pontrelli Mecca Programa de Pós-GRaduação em Distúrbios do Desenvolvimento Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Patricia Botelho Silva Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Ivan Silva Pinto Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Elizeu Coutinho Macedo Universidade Presbiteriana Mackenzie

Resumo

Resumo: O objetivo deste trabalho foi investigar padrões de movimentos oculares de adultos bons leitores durante a leitura de textos com dois níveis de dificuldades e com três tipos de conteúdo: situações cotidianas, textos didáticos e jornalísticos. Vinte e quatro participantes leram os textos em voz alta enquanto o movimento monocular foi gravado e responderam a questões relacionadas à compreensão dos textos. Resultados indicam aumento da média de tempo de leitura por palavra, do número de fixações e de sacadas regressivas de acordo com a complexidade e o assunto do texto. Os dados foram discutidos em função do aumento de demanda cognitiva e utilizados para a compreensão do texto, como habilidades de integração semântica, memória de trabalho e inferências. Esses dados auxiliam na construção de instrumentos de avaliação para indivíduos disléxicos.

Palavras-chave: fixação ocular; leitura; avaliação; processamento de textos; adulto.

Biografia do Autor

Darlene Godoy Oliveira, Programa de Pós-GRaduação em Distúrbios do Desenvolvimento Universidade Presbiteriana Mackenzie

Psicóloga, mestre e doutoranda em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Bolsista FAPESP.

Tatiana Pontrelli Mecca, Programa de Pós-GRaduação em Distúrbios do Desenvolvimento Universidade Presbiteriana Mackenzie

Psicóloga, mestre e doutoranda em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Bolsista FAPESP.

Patricia Botelho Silva, Universidade Presbiteriana Mackenzie
Graduanda em Psicologia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Bolsista de Iniciação Científica Mackpesquisa.
Ivan Silva Pinto, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Psicólogo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Elizeu Coutinho Macedo, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia Experimental pela Universidade de São Paulo. Professor do programa de Pós Graduação em Distúrbios do Desenvolvimento da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Bolsista de produtividade CNPq.

Publicado
2013-09-16
Seção
Avaliação psicológica