Intervenções escolares para o TDAH: Uma revisão da literatura (2000-2018)

  • Waleska Mascarenhas dos Santos Universidade Católica de Brasília
  • Alessandra Rocha de Albuquerque Universidade Católica de Brasília

Resumo

O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) acomete entre 3% e 6% da população infantil a qual apresenta índices elevados de fracasso e evasão escolar. Nessa perspectiva, intervenções realizadas no contexto escolar e, principalmente, em sala de aula são relevantes para o processo educacional dos estudantes com TDAH. O objetivo do presente estudo foi recuperar publicações relativas a intervenções escolares com crianças e jovens com TDAH por meio da revisão da literatura no período entre 2000 e 2018. Estudos em português ou inglês, empíricos e revisados por pares, foram selecionados na base de dados Portal de Periódicos Capes. Trinta e três artigos atendiam aos critérios de inclusão, apenas dois brasileiros. Os resultados evidenciaram efeitos positivos de diferentes estratégias interventivas sobre repertórios acadêmicos e típicos do TDAH incentivando novas investigações e aplicações.
Palavras-chave: TDAH; intervenções escolares; revisão da literatura; crianças; adolescentes.

Biografia do Autor

Waleska Mascarenhas dos Santos, Universidade Católica de Brasília
Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Alessandra Rocha de Albuquerque, Universidade Católica de Brasília
Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Publicado
2019-10-17
Seção
Psicologia e educação