A narratividade do jornal The New York Times na cobertura da guerra na Síria

revisitando o estudo sobre a intriga

  • Mauricio Demichelli UPM
Palavras-chave: Discurso, Guerra na Síria, Narrativa

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a guerra na Síria assim como retratada pelo jornal estadunidense The New York Times por uma perspectiva da narratividade. Procuramos demostrar, com base nas teorias de Tzvetan Todorov (1970), que a ordem da narrativa descrita pelo autor está presente na maneira como a imprensa descreve o conflito, pois essa estrutura constitui um saber que molda a forma como nos relacionamos com a realidade e a experiência.

Referências

MARTELOTTA, M. E. Manual de linguística. São Paulo: Contexto, 2012.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração Universal dos Direitos Humanos. 2009. Disponível em: http://www.onu.org.br/img/2014/09/DUDH.pdf. Acesso em: 14 dez. 2018.

THE NEW YORK TIMES. Article archive. 2019. Disponível em: http://www.nytimes.com/search/sitesearch. Acesso em: 10 jan. 2018.

TODOROV, T. As estruturas narrativas. São Paulo: Perspectiva,1970.

Publicado
2019-12-19
Como Citar
Demichelli, M. (2019). A narratividade do jornal The New York Times na cobertura da guerra na Síria. Cadernos De Pós-Graduação Em Letras, 19(3), 76-94. Recuperado de http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/cpgl/article/view/12785