LÍNGUA PORTUGUESA EM TIMOR-LESTE: FORMAÇÃO DOCENTE E PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO

Izabel Cristina Silva Diniz, Marcia Vandineide Cavalcante

Resumo


A partir da experiência como professoras de língua portuguesa (LP) em Timor-Leste, analisamos 15 unidades didáticas elaboradas por professores timorenses envolvidos no ensino de LP. Na perspectiva de compreender como se deu a elaboração dessas unidades, utilizou-se como recurso metodológico a realização de entrevistas semiestruturadas, envolvendo os professores-autores do referido material disponibilizado no PPPLE ? Portal do Professor de Português Língua Estrangeira/ Língua Não-Materna. Os resultados apontam para a importância de uma política linguística e educacional direcionada principalmente para a formação de professores no que diz respeito à elaboração de materiais didáticos de qualidade e de acordo com o contexto de ensino. 


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Manual do candidato Celpe-Bras. Brasília, 2006. Disponível em: ˂http://download.inep.gov.br/outras_acoes/celpe_bras/manual/2012/manual_examinando_celpebras.pdf ˃. Acesso em: 8 nov. 2014.

BRITO, R. P. Temas para a compreensão do atual quadro linguístico de Timor-Leste. Ciências & Letras, Porto Alegre, n. 48, p. 175-194, jul./dez. 2010. Disponível em: ˂http://seer3.fapa.com.br/index.php/arquivos/article/view/55˃. Acesso em: 6 mar. 2017.

CARNEIRO, A. Política Linguística em Timor-Leste: uma reflexão acerca dos materiais didáticos, 2011. Disponível em: ˂http://www.xiconlab.eventos.dype.com.br/resources/anais/3/1308361930_ARQUIVO_ArtigoAlanCarneiro.pdf˃. Acesso em: 28 de nov. 2014.

COIMBRA, I. e COIMBRA, O. Português em Timor 1, Livro do Aluno, Lisboa: Editora Lidel, 2003.

COOPER, R. Language planning and social change. Cambridge: Cambridge University Press, 1989.

COSTA, Luis. A língua. Fator de identidade nacional leste-timorense. In: Bastos, N. B. (org.). Aspectos linguísticos, culturais e identitários. São Paulo: PUC-SP, 2012.

CUNHA, G.; DACONTI, G.; MARINHO, J. H. O texto e sua tipologia: fundamentos e aplicações. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2012.

HORNBERGER, N. H. e RICENTO, T. Unpeeling the Onion: Language Planning and Policy and the ELT Professional. Tesol Quarterly, 1996. Vol. 30, No. 3, Autumn. p. 401-427.

HULL, G. Manual de Língua Tétum para Timor-Leste. Austrália: University of Wollongong Printery, 2001a.

HULL, G. Timor-Leste/ Identidade, Língua e Política Educacional. Tradução para o português Maria da Graça D'Orey. Instituto Camões. Impressão Palmigráfica. Díli, TL, 2001b.

JÚDICE, N. O ensino da língua e da cultura do Brasil para estrangeiros: pesquisas e ações. Niterói: Intertexto, 2005.

KRAMSCH, C. Context and culture in language teaching. Oxford: University Press, 1993.

MATTOSO, J. Sobre a Identidade de Timor Lorosa’e. In: Camões − Revista de Letras & Cultura Lusófonas. Edição Timor-Lorosa’e, 2001. Julho Setembro, N.14. p.6-13.

PENNYCOOK, A. Postmodernism in Language Policy. In: RICENTO, T. (Ed.). An introduction to language policy: theory and method. Malden: Blackwell, 2006. p. 60-75.

PPPLE. Portal do Professor de Português Língua Estrangeira / Língua Não Materna. Disponível em: ˂http://www.ppple.org/˃. Acesso em: 9 nov. 2014.

RICENTO, T. (Ed.). An introduction to language policy: theory and method. Malden, USA: Blackwell, 2006.

ROSÁRIO, J. A narrativa de expressão oral. Lisboa: ICLP, 1989.

SILVA, K. Nações desunidas: práticas da ONU e a estruturação do Estado em Timor-Leste. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012.

TOLLEFSON, J. W. Planning language, planning inequality. Londres: Longman, 1991.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.