Análise das Condições de Uso e Ocupação de HIS, Localizadas na Cidade de Pelotas – ZB2, Preconizadas no RTQ-R no Método de Simulação Computacional

Raquel Ramos Silveira da Mota, Eduardo Grala Cunha

Resumo


O RTQ-R utiliza a simulação computacional como método de avaliação, abordando em seu conteúdo parâmetros de uso e ocupação. No entanto, alguns aspectos não possuem uma abordagem específica para cada zona ou região. Essa generalização leva ao questionamento, se de fato os parâmetros utilizados nas simulações de desempenho termoenergético das habitações de interesse social estão de acordo com a realidade dos usuários. O objetivo principal desta pesquisa é analisar a influência do uso e da ocupação dos usuários no desempenho termoenergético das habitações de interesse social na ZB 2. A metodologia do trabalho consta de um levantamento de dados em campo, que foi realizado através da aplicação de questionários estruturados, que buscam obter parâmetros para serem inseridos nos modelos computacionais desenvolvidos para a simulação termoenergética. Foram selecionados quatro conjuntos habitacionais de Pelotas na faixa salarial III do programa MCMV como objeto de estudo. As edificações estudadas foram simuladas através do software Energy Plus. Os resultados encontrados mostram que os dados obtidos divergem do regulamento em alguns aspectos. A ENCE da envoltória dos modelos não variou mesmo quando as agendas da pesquisa foram consideradas. Os resultados obtidos mostraram que os aspectos construtivos prevalecem em relação aos parâmetros de uso e ocupação.


Palavras-chave


RTQ-R; simulação computacional; parâmetros de uso e ocupação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Raquel Ramos Silveira da Mota