Suburbanização e Novo Urbanismo em cena: pensar o filme para pensar a cidade

Autores

  • Margarida Mussa Tavares Gomes Instituto Federal Fluminense
  • Hélio Gomes Filho Instituto Federal Fluminense

Palavras-chave:

Suburbanização, Novo Urbanismo, Cinema

Resumo

Este artigo busca analisar a representação da suburbanização e do novo urbanismo norte-americano na linguagem do cinema. Para isso, examina esses movimentos urbanísticos tendo como pano de fundo os filmes Infidelidade, do diretor Adrian Lyne e O Show de Truman, dirigido por Peter Weir. Ao redesenhar as relações entre espaço e tempo, a técnica cinematográfica estabelece um novo modo de olhar a realidade, na medida em que representa o modo como o homem decodifica seu espaço. Assim, parte-se do pressuposto de que tentar compreender as representações da cidade no cinema é exercício teórico-metodológico importante para se apreender a realidade urbana. Essa temática, aqui apenas esboçada, pretende contribuir para uma compreensão mais ampla do espaço urbano a partir da análise da linguagem fílmica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margarida Mussa Tavares Gomes, Instituto Federal Fluminense

Arquiteta, Professora do Curso de Arquitetura e Urbanismo do Instituto Federal Fluminense, Doutoranda no PROURB-FAU-UFRJ

Hélio Gomes Filho, Instituto Federal Fluminense

Professor do Instituto Federal Fluminense

Doutorando em Política Públicas no Programa de Pós-graudação em Políticas Públicas e Formação Humana - UERJ

Downloads

Publicado

2016-08-28

Como Citar

GOMES, M. M. T.; FILHO, H. G. Suburbanização e Novo Urbanismo em cena: pensar o filme para pensar a cidade. Cadernos de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 19, 2016. Disponível em: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/cpgau/article/view/2016.1%20Gomes. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)