Dois irmãos, de Milton Hatoum, em duas versões

Ana Claudia de Mauro

Resumo


Novas mídias multiplicaram as possibilidades para adaptações literárias que contam com o apoio e, não raro, o acompanhamento, durante a produção, por parte de muitos escritores contemporâneos. Um dos quais alcança grande receptividade: a adaptação de narrativas para quadrinhos. Este trabalho busca analisar, à luz da literatura comparada, essa nova manifestação artística, a adaptação ficcional da obra de Hatoum, em contraste com a obra original. Neste trabalho, examinam-se componentes da narrativa como enredo, personagens, narrador e espaços para ressaltar aspectos relevantes do diálogo instaurado entre as duas modalidades narrativas.


Texto completo:

PDF

Referências


CHARTIER, R. A aventura do livro: do leitor ao navegador. Tradução Reginaldo de Moraes. São Paulo: Editora Unesp, 1999.

GABRIEL BÁ e Fábio Moon ganham Oscar das HQs por “Dois irmãos”. Folha de S.Paulo, São Paulo, 24 jul. 2016. Ilustrada. Disponível em: . Acesso em: 3 set. 2016.

GENETTE, G. Palimpsestes: la littérature au second degré. Paris: Éditions du Seuil, 1982.

HATOUM, M. Dois irmãos. São Paulo: Companhia das Letras, 2000. (Companhia de Bolso).

HUTCHEON, L. A theory of adaptation. New York: Routledge: 2006.

METZ, C. Film language: A semitiocs of the cinema. Tradução Michael Taylor. New York: Oxford University Press, 1974.

MOON, F.; BÁ, G. Dois irmãos: baseado na obra de Miltin Hatoum. São Paulo: Companhia das Letras, 2015. (Quadrinhos da Cia.)

PEETERS, B. Lire na bande dessinée. 2. ed. Paris: Flammarion, 2010. (Collection Champs Arts).

PONCE DE LÉON, P. G. Breve história da pintura. Lisboa: Estampa, 2006.

STAM, R. Teoria e prática da adaptação: da fidelidade à intertextualidade. Ilha do Desterro, Florianópolis, n. 51, p. 19-53, jul./dez. 2006. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2016.

ZENI, L. Literatura em quadrinhos. In: VERGUEIRO, W.; RAMOS, P. Quadrinhos na educação: da rejeição à prática. São Paulo: Contexto, 2009. p. 127-158.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.