Ocupações e Salários de Mulheres Qualificadas no Brasil

  • Paola Rodrigues Alves Universidade Estadual de Londrina
  • Solange de Cassia Inforzato de Souza Universidade Estadual de Londrina/Pr
  • Vanessa Fortunato de Paiva Universidade Estadual de Londrina
  • Magno Rogério Gomes Universidade Estadual de Londrina e Universidade Pitágoras/Unopar

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar o mercado de trabalho das mulheres qualificadas no Brasil sob a perspectiva da inserção ocupacional e das desigualdades de rendimentos. Utiliza-se como base de dados a PNAD 2015 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) e a técnica de decomposição salarial de Oaxaca-Blinder com correção do viés de seleção amostral. Os dados empíricos mostram que há maior participação das mulheres qualificadas nas ocupações relacionadas às ciências e às artes, mas as maiores remunerações se encontram nas profissões técnicas de nível médio. Comprovam ainda que as mulheres qualificadas, com curso superior, ganham menos do que os homens, e que há elevada discriminação salarial de gênero; e, além disso, quanto maior é o nível de qualificação da mulher, maiores são a diferença salarial e a discriminação de gênero no Brasil.

Biografia do Autor

Paola Rodrigues Alves, Universidade Estadual de Londrina
Bacharel em Economia pela Universidade Estadual de Londrina.
Solange de Cassia Inforzato de Souza, Universidade Estadual de Londrina/Pr
Professora associada do Curso de Economia e do Programa de Mestrado em Economia Regional da Universidade Estadual de Londrina
Vanessa Fortunato de Paiva, Universidade Estadual de Londrina
Mestre em Economia Regional pela Universidade Estadual de Londrina.
Magno Rogério Gomes, Universidade Estadual de Londrina e Universidade Pitágoras/Unopar
Professor assistente da Universidade Estadual de Londrina e da Universidade Pitágoras/Unopar/Pr
Publicado
2019-10-31
Seção
Artigos