Avaliação de memória de curto prazo em crianças no início do ensino fundamental

Maria Clara Braga do Paraízo Maioli, Thais de Souza Ramos, Didier Francisco Pelaz Melo, Elizeu Coutinho de Macedo, Tatiana Pontrelli Mecca

Resumo


Este estudo objetivou comparar o desempenho no Teste Infantil de Memória (TIME) entre crianças de 7 e 8 anos, de escolas públicas e privadas, bem como verificar se há relação entre o desempenho no TIME, com o nível de escolaridade materna e notas nas disciplinas de português e matemática em crianças no início do ensino fundamental I. Participaram 100 crianças, de ambos os sexos, sendo 48 de escola pública e 52 de escola privada. O TIME é composto por seis subtestes de oito itens cada, que avaliam aspectos verbais e visuoespaciais da memória de curto prazo (MCP). Os responsáveis pelas crianças preencheram um questionário com alguns indicadores familiares.

O TIME foi aplicado nas crianças individualmente. Os resultados mostraram diferenças significativas entre as idades no TIME, bem como entre os tipos de escola, com maior desempenho das crianças de escola privada. Correlações positivas, significativas e de magnitude variando de baixa a moderada foram observadas entre o TIME e notas escolares nas disciplinas de português e matemática. Também foi observada associação entre nível de escolaridade materna e desempenho no TIME. Esses achados apontam para a relevância de critérios externos associados ao desempenho em tarefas de MCP fonológicas e visuoespaciais.

Palavras-chave Memória de curto prazo. Aprendizagem. Nível socioeconômico. Cognição. Desenvolvimento.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.