O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista.
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word.
  • DOI está presente nas referências e foram informadas quando possível.
  • O texto está conforme as normas da ABNT m espaço simples, na fonte Times New Roman, com corpo 12, sem exceder o número de páginas em relação ao tipo de artigo. As figuras e tabelas estão inseridas no texto, de modo editáveis.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Envio da carta de direitos autorais assinada por todos os autores.

Diretrizes para Autores

Os Cadernos de Pós-Graduação em Distúrbios do Desenvolvimento do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade Presbiteriana Mackenzie configuram-se em um veículo de difusão científica que tem como objetivo publicar trabalhos inéditos com caráter interdisciplinar. São aceitos artigos originais baseados em dados empíricos, artigos de revisão com análises críticas de temas atuais, artigos de revisão sistemática, artigos de casos clínicos, relatos de experiência, cartas ao editor e resenhas de livros.

É uma revista semestral que adota as normas da ABNT.

Procedimentos da comissão editorial

A primeira avaliação do artigo é realizada pelos editores responsáveis, referente à adequação do artigo às normas de submissão. Se o mesmo for considerado potencialmente publicável, será encaminhado para dois (2) consultores ad-hoc.

A emissão de pareceres por parte dos revisores será recebida na forma de: - aceitação do artigo; - recomendação do artigo com modificações; - recusa da publicação do artigo. Em todos os casos, os autores são notificados das sugestões ou do parecer. Quando os autores tiverem que realizar modificações nos artigos, as mesmas deverão ser realizadas em prazo determinado pelos editores. Os artigos recusados podem ser resubmetidos à revista desde que sejam totalmente reformulados.

Quando o artigo é aceito para publicação, aos Editores reservam-se o direito de introduzir pequenas alterações para efeito de padronização.

Normas para submissão do artigo

• O título deve ser apresentado em português seguido de suas versões em inglês e espanhol, não excedendo 20 palavras.

• Em seguida, os dados dos autores (nome completo, filiação institucional, dados de autor responsável pela correspondência, nome, endereço postal, endereço eletrônico). São permitidos no máximo oito autores. A identificação dos autores será omitida pelos editores para o envio do artigo aos pareceristas.

• Resumo em português, inglês e espanhol (justificados e em blocos únicos) com, no máximo, 300 palavras. Os resumos devem conter uma introdução, objetivos, método, principais resultados e conclusões, além de três a seis palavras-chave. Todas as palavras-chave devem ser conferidas na indexação eletrônica da Biblioteca Virtual em Saúde ou na Bireme (www.bvs-psi.org.br ou www.bireme.br). Usar somente palavras-chave que constem nesses indexadores.

• Corpo do texto: não devem aparecer os nomes dos autores. Não é necessário iniciar uma nova página a cada subtítulo. Todos os artigos deverão ser digitados em processador de texto Word for Windows, com espaço simples, na fonte Times New Roman, com corpo 12, sem exceder o número de páginas em relação ao tipo de artigo. A página deve ser configurada em A4, com formatação para as margens superior e inferior de 2,5cm e para as margens direita e esquerda de 3 cm. É proibido o uso de recursos especiais de edição de tipo sublinhado, hífen, macros, recuos, etc. Os itálicos devem ser usados quando estritamente necessários para enfatizar alguma parte do texto. Os subtítulos devem ser escritos em negrito.

• Junto com o artigo deve ser enviada a “Declaração de Responsabilidade e Direitos Autorais” assinada por todos os autores, autorizando o processo editorial do mesmo e transferindo todos os direitos autorais para os Cadernos de Pós-graduação em Distúrbios do Desenvolvimento (modelo de carta na página da Revista) e a indicação de dois pareceristas (nome, e-mail e filiação)

• É imprescindível que, quando se trate de pesquisa com seres humanos, o autor relate o Número de Processo da aprovação do Comitê de Ética que avaliou o projeto do trabalho (citar na Declaração de Responsabilidade e Direitos Autorais).

• Após a verificação destes passos supracitados se inicia o processo de revisão editorial do artigo. Em caso de inadequação, o material é devolvido para sua adequação às normas da Revista.

Estrutura Do Artigo

Os artigos podem ser redigidos em português, inglês ou espanhol.

Os textos podem ser apresentados em diversas modalidades: artigos originais - 25 páginas (são relatos de pesquisa baseados em dados empíricos, relatos de experiência profissional relacionada a práticas de estágios em diferentes áreas); artigos de revisão teórica - 30 páginas (são trabalhos teóricos, revisões críticas, revisões sistemáticas de literatura); artigos sobre casos clínicos - 20 páginas; cartas ao editor - 5 páginas; resenhas de livros - 5 páginas.

Devem constar, nos artigos originais, os seguintes tópicos: título; introdução (definição de problemas de pesquisa, justificativa da pesquisa, relevância do tema, revisão teórica e objetivos do estudo); método (amostra, técnicas de coleta de dados, procedimentos de coleta de dados, citando o número de protocolo de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos); resultados; discussão; considerações finais ou conclusão; e referências. Não devem constar notas de rodapé. Figuras e tabelas devem ser indicadas no texto (ou seja: local onde devem ser inseridas), mas devem ser enviadas em um arquivo único separadamente, em número máximo de cinco.

Devem constar nos artigos de revisão, os seguintes tópicos: título; introdução (definição de problemas de pesquisa, justificativa da pesquisa, relevância do tema e objetivos); método (critérios de inclusão do material na revisão, procedimentos de coleta dos dados documentais e procedimentos de análise); discussão de resultados (revisão e análise na base da teoria ou construto teórico discutido); considerações finais ou conclusão e referências. Quanto à inserção de figuras e tabelas, deve ser seguido o mesmo procedimento recomendado para artigo original baseado em dados empíricos.

Devem constar nos artigos de casos clínicos relevantes: título; introdução (definição do tema de estudo associado ao caso, relevância, apresentação do caso e quadro clínico do caso); Método (caracterização clínica do caso, procedimentos de seleção, procedimentos de exploração e diagnose, assim como os procedimentos de intervenção; citando o número de protocolo de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos); discussão do caso; considerações finais ou conclusão e referências. Quanto à inserção de figuras e tabelas, deve ser seguido o mesmo procedimento recomendado para artigo original.

Devem constar na resenha de livro: cabeçalho (transcrição dos dados bibliográficos completos da publicação resenhada); introdução e objetivo da resenha; apresentação sintética das partes, seções ou capítulos; análise crítica sobre a obra em questão e discussão acerca da contribuição teórica ou científica.

As citações na íntegra feitas em até três linhas devem ser indicadas por aspas no próprio corpo do parágrafo, no qual também devem constar o sobrenome do autor, o ano e o número da página citada. As citações na íntegra que ocupam mais de três linhas devem ser indicadas em parágrafo separado, de modo que nele constem o sobrenome do autor, o ano e o número da página citada.

Referências:

- as referências devem ser listadas na ordem alfabética de sobrenome dos autores. Os trabalhos de autoria única, com mais de uma citação, devem ser ordenados por ano de publicação (começando pela mais antiga). Inserir também o DOI do artigo no final de cada referência. Em relação às Normas da ABNT, remetemos o autor aos seguintes exemplos de citações e referências.

1 CITAÇÃO

É a menção, no texto, de uma informação extraída de outra fonte. O autor lança mão de um texto original para extrair a citação, podendo ser reproduzido literalmente (citação direta, literal ou textual), interpretado, resumido ou traduzido (citação indireta ou livre), ou podendo ser uma informação extraída de fonte intermediária (citação de citação).

Citações diretas, literais ou textuais

São transcrições literais e extraídas do texto consultado, respeitando-se todas as características formais em relação à redação, à ortografia, e à pontuação original. Parte do trecho transcrito pode ser omitida mediante o emprego de três reticências entre colchetes, mas, ao final do trecho, indica-se de onde foi extraída a citação. A citação no texto é transcrita entre aspas duplas, e, no caso de ser uma citação textual curta, de até três linhas, deve vir incorporada ao parágrafo.

Exemplo:

Há o lugar onde se nasceu, o lugar de onde se vem, o lugar onde se trabalha, se mora etc. "O lugar onde se completa, pela fala, a troca alusiva de algumas senhas, na conivência e na intimidade cúmplice dos locutores" (AUGÉ, 1994, p. 73). Em síntese, um lugar pode ser simbolizado. Quando o nome do(s) autor(es) citado(s) ou o(s) título(s) da obra citada estiver(em) incluído(s) na sentença, apenas a data e a(s) página(s) são incluídas entre parênteses.

Exemplo:

Para Romberg (1992, p. 51), o termo "pesquisa" refere-se a processos - coisas que se fazem e não objetos que podem ser tocados e vistos. Além disso, ele afirma: "Fazer pesquisa não pode ser visto como um desempenho mecânico ou um conjunto de atividades que os indivíduos seguem de um modo prescrito ou predeterminado".

No primeiro exemplo do item 1.1, repare que, quando o sobrenome do autor está entre parênteses, o mesmo deve ser escrito em caixa alta - (AUGÉ, 1994, p. 73). No segundo exemplo do mesmo item 1.1, repare que, quando o sobrenome do autor está fora dos parênteses, o mesmo deve ser escrito em caixa baixa - Romberg (1992, p. 51).

No caso da citação textual longa, com mais de três linhas, ela é apresentada em parágrafo isolado, utilizando-se recuo de margem à esquerda de 4 cm, com o corpo da letra menor que o texto (tamanho 10), espaçamento simples, sem as aspas, tendo como limite a margem direita do trabalho.

Exemplo:

Segundo Onuchic (1999, p. 187): Nenhuma intervenção no processo de aprendizagem pode fazer mais diferença do que um professor bem formado, inteligente e hábil. Investir na qualidade de ensino é o que importa. A preparação do professor tem um efeito direto nos alunos [...].

Citações indiretas ou livres

São reproduções de ideias de outrem sem que haja transcrição literal das palavras utilizadas. Apesar de livres, devem ser fiéis ao sentido do texto original. Não necessitam de aspas.

Exemplo:

A reforma educacional brasileira da segunda metade dos anos 1990 é, ela mesma, na sua particularidade, tal mudança das estruturas sociais brasileiras. Por isso, nesse período, assistimos a uma série de transformações paradigmáticas nessa esfera. Ilustra essa afirmação a reforma curricular, realizada em todos os níveis e modalidades, de forma centralizada, por especialistas de nossas melhores universidades, institutos e fundações de pesquisa: a reforma no financiamento educacional articulada com a política avaliativa levada a termo pelo Sistema Nacional de Avaliação, dentre outras medidas no mesmo campo (SILVA JUNIOR, 2002).

Para citar uma obra com dois ou três autores, indicam-se todos os nomes, separados por ponto-e-vírgula, seguidos da data de publicação.

Exemplo:

Verificando-se a natureza de alguns produtos químicos, mesmo presentes em baixas concentrações na água, podem ser ingeridos por organismos aquáticos, que, por sua vez, são consumidos por peixes predadores, bioacumulando-se nos seus tecidos, representando risco potencial ao homem, bem como a pássaros e outros animais que comem peixes (MACKENTHUN; BREGMAN, 1991).

Citação de citação

Quando o autor não se utiliza do texto original, mas de uma citação feita em obra consultada, a citação poderá ser reproduzida literalmente, ou ser interpretada, resumida ou traduzida. Esse tipo de citação deve ser evitado ao máximo, já que a obra final não foi consultada e pode haver risco de má interpretação e de incorreções. Neste caso, utiliza-se a expressão latina apud seguida de indicação da fonte efetivamente consultada, e os dados do documento original devem ser mencionados em nota de rodapé.

Artigo e/ou matéria de jornal

NAVES, P. Lagos andinos dão banho e beleza. Folha de São Paulo, São Paulo, 28 jun. 1999. Folha Turismo, Caderno 8, p.13.

Artigo e/ou matéria de jornal em meio eletrônico

SILVA, I. G. Pena de morte para o nascituro. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 19 set. 1988. Disponível em: http://www.brazilnet.com.br. Acesso em: 17 set de 2010.

Artigo de revista científica

SCHMITZ, M.; POLANCZYK, G.; ROHDE, L. A. P. TDAH: Remissão na adolescência e preditores de persistência em adultos. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, v. 56, supl.1, p. 25-29, 2007.

Artigo de revista científica no prelo

MANSILLA, H. C. F. La controversia entre universalismo y particularismo en la filosofía de la cultura. Revista Latinoamericana de Psicologia. No prelo.

Trabalho apresentado em evento

BRAYNER, A. R.; MEDEIROS, C. B. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPOSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 1994. p. 16-29.

Trabalho apresentado em evento em meio eletrônico

GUNCHO, M. R. A educação à distância e a biblioteca universitária. In: SEMINÁRIO DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 10., 1998, Fortaleza. Anais... Fortaleza: Tec Treina, 1998. 1 CD-ROM.

Documento Jurídico

BRASIL. Código civil. 46. ed. São Paulo: Saraiva, 1995.

Livro

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-IV-TR. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.

Capítulo de livro

SISTO, F. Delineamento correlacional. In: NUNES, M. N.; CAMPOS, D. C. (Ed.). Metodologias de pesquisa em ciências: análises qualitativas e quantitativas. Rio de Janeiro: LTC, 2007. p. 90-101.

Dissertações/Teses

RIBEIRO, C. A. O efeito da utilização do brinquedo terapêutico, pela enfermeira pediátrica, sobre o comportamento de crianças recémhospitalizadas. 1986. 156 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 1986

Agradecimentos

Inserir ao final do texto a referência à agência de fomento, se for o caso.

Check-list:

Antes de submeter seu artigo, verifique se os seguintes itens foram cumpridos:

- Título em português, inglês e espanhol;

- Nome completo dos autores, com afiliação institucional, vínculo e e-mail;

- Resumo - palavras-chave;

- Abstract – keywords;

- Resumen – palavras clave;

- Corpo do texto;

- Referências em acordo com as normas da ABNT;

-Inserção de DOI nas referências

-Indicação de DOIS pareceristas (nome, filiação e e-mail)

- Carta de compromisso com os nomes completos dos autores, acompanhado das assinaturas e do número do CPF, além de comprovante ou declaração de aprovação pelo Comitê de Ética.

Encaminhamento:

Só serão aceitos artigos cadastrados na plataforma SEER:

Endereço eletrônico: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/cpgdd/index

As dúvidas deverão ser enviadas através do e-mail:

E-mail: cadernos.ppgdd@mackenzie.br

Editor Responsável:

Profa. Dra. Miriam de Oliveira Ribeiro

 

 

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.