Heurística e vieses no mercado acionário brasileiro: o efeito do processo de julgamento em um cenário de risco e incerteza

Érika Regina da Silva Gallo, Mário Augusto Bertella

Resumo


Este trabalho tem a intenção de contribuir com o debate na área de economia e finanças comportamentais ao realizar um estudo sobre o comportamento do volume transacionado de um ativo listado no mercado acionário brasileiro. Para tanto, foi realizada uma estimativa simples por mínimos quadrados ordinários, cujo método foi parcialmente extraído de Ferris et al. (1998), Huddart e Lang (2006) e Borges (2007) e parcialmente novo ao propor realizar o teste com parâmetros diferentes dos utilizados pelos autores citados. Os resultados encontrados sugerem que a utilização da heurística ancoragem permite que ocorra o efeito overreaction no ativo analisado, na medida em que os resultados obtidos confirmam a existência de uma relação positiva entre as seguintes variáveis: preço médio passado, preço de abertura e volume transacionado. Oferecendo indícios de que efeitos psicológicos e cognitivos (vieses de comportamento) podem gerar “ruídos” no mercado financeiro.


Texto completo:

PDF