CHAMADA 2024/1: Dossiê Temático - Novas configurações da crítica literária

2023-11-13

Anunciamos a chamada para publicação de artigos no dossiê temático do primeiro número de 2024, v. 26, n. 1 (abril/2024): Novas configurações da crítica literária

Data de início das submissões: 21/02/2024

Prazo final de submissão: 03/03/2024

Comissão organizadora: Prof. Dr. Cristhiano Aguiar (Universidade Presbiteriana Mackenzie); Prof.ª Dr.ª Juliana de Albuquerque (University College Cork); Prof. Dr. Eduardo Cesar Maia (Universidade Federal de Pernambuco)

Os textos submetidos serão avaliados por pareceristas pelo sistema blind review.

Recomendamos a leitura das Diretrizes para Autores antes de fazer a submissão.

Ementa:

A crítica literária é uma denominação aplicada a procedimentos bastante diversos e, por vezes, contraditórios em seus métodos e finalidades. Historicamente, em função, por um lado, das demandas dos meios públicos de divulgação desse gênero textual (revistas e jornais que divulgam esse tipo de texto para o grande público) e, por outro, dos modismos intelectuais e das influências filosóficas e acadêmicas de cada época, a atividade do crítico é considerada de forma particular e assume pressupostos e objetivos diferentes. Qualquer definição essencialista ou dogmática de crítica literária não leva em consideração o fato incontornável de que a crítica, antes do que uma teoria, é uma prática e, como todas as atividades humanas, desenvolve-se numa dinâmica histórica de acordo com necessidades e demandas circunstanciais e contingentes. A crítica, como a própria literatura, não é, mas se faz. A partir desse ponto de vista, a questão da crítica se apresenta não como uma problemática abstrata, uma busca obsessiva por definições últimas, baseada em disjuntivas teóricas, mas como uma série de práticas reais, com seus objetivos específicos. Para repensar a crítica literária e sua função em nosso tempo, devemos partir do entendimento prévio de que a própria prática cultural conhecida como literatura não tem um propósito fixo e imutável: ela participa do jogo social, em que todos os propósitos estão em contínua redefinição.

O presente dossiê convida a pensar novas possibilidades que a prática e a reflexão sobre crítica literária assumem na contemporaneidade. A chamada deste dossiê está aberta para artigos acadêmicos que analisem diferentes dimensões do debate sobre crítica literária, como, por exemplo, a discussão sobre suas possíveis definições, sua atual função social, sua dimensão histórica, ou suas relações com outras artes e outras linguagens. Por sua própria natureza, a crítica literária é “híbrida” e “impura”. Portanto, são bem-vindos trabalhos que reflitam sobre ela a partir de diferentes saberes que não apenas os da Letras, tais como a Comunicação, a Filosofia, a História ou as Ciências Sociais. Por fim, dentre os possíveis tópicos de interesse do nosso dossiê, destacamos, sem que o elenco seja exaustivo, os seguintes:

  • O crítico como mediador cultural;
  • A crítica e o debate público de ideias;
  • As novas estratégias retóricas da crítica em tempos digitais;
  • A influência das novas mídias no discurso crítico;
  • Crítica literária e ensaísmo;
  • O papel da crítica no sistema literário e editorial brasileiro: festas literárias, curadorias, editoração, premiações literárias, jornalismo cultural;
  • História da crítica literária;
  • Tendências da crítica;
  •  Crítica literária, identidade e política.