Aproveitamento do biogás proveniente de dejetos da bovinocultura para geração de energia – um estudo de caso

Autores

  • Roberto Dante do Nascimento Grimello Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Sílvia Maria Stortini González Velázquez Universidade Prebiteriana Mackenzie

Resumo

A expansão territorial das áreas rurais, ocasionada pelo crescimento do setor pecuário, vem trazendo preocupações quanto ao desmatamento de florestas para criação de rebanhos e à má destinação dos resíduos gerados por essas criações. Este trabalho apresenta uma alternativa para o aproveitamento dos dejetos da bovinocultura visando a geração do biogás. O estudo de caso possibilita uma comparação ambiental e econômica entre a atual utilização dos dejetos como fertilizantes e a nova proposta, na qual o dejeto deve ser coletado e tratado para a obtenção de biofertilizantes e de biogás, que pode ser convertido em eletricidade para uso na propriedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Dante do Nascimento Grimello, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Graduado em Engenharia Mecânica pela Universidadde Presbiteriana Mackenzie (2011).

Sílvia Maria Stortini González Velázquez, Universidade Prebiteriana Mackenzie

Graduada em Engenharia Química pela Fundação Armando Álvares Penteado (1985), Mestre (2000) e Doutora (2006) em Energia pelo Programa Interunidades de Pós-Graduação em Energia (PIPGE) da Universidade de São Paulo (USP). Professora Titular da Faculdade de Engenharia da Fundação Armando Álvares Penteado, Professora Adjunto da Escola de Engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Pesquisadora do Centro Nacional de Referência em Biomassa - CENBIO, atuando principalmente na geração de energia a partir da biomassa e em biocombustíveis líquidos.

Downloads

Publicado

2014-12-15

Como Citar

Grimello, R. D. do N., & Velázquez, S. M. S. G. (2014). Aproveitamento do biogás proveniente de dejetos da bovinocultura para geração de energia – um estudo de caso. Revista Mackenzie De Engenharia E Computação, 13(1). Recuperado de https://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/rmec/article/view/5765

Edição

Seção

Artigos