ESTRATÉGIA DE HEDGE COM OPÇÕES FORA DO DINHEIRO EM AÇÕES DE EMPRESAS ESTATAIS TRAZ MAIOR RETORNO? UMA ANÁLISE NO PERÍODO DE 2018 A 2021

Autores

  • Lucas Oliveira Florindo Universidade Federal de Santa Catarina
  • Helberte João França Almeida Universidade Federal de Santa Catarina
  • Rafael Jasper Feltrin Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Hedge; Risco-Retorno; Opções; Empresas Estatais

Resumo

Este estudo buscou mensurar os resultados de uma estratégia de investimento que tem como principal objetivo a preservação de capital em momentos de crise. Para isso foram criadas duas carteiras compostas por ações de empresas estatais sendo que em uma delas teria além das ações, uma estratégia de hedge feita com opções de venda fora do dinheiro, as carteiras foram analisadas e comparadas através do seu retorno total no período, comparadas com outros ativos do mercado e pela ótica de risco-retorno, usando os índices de Sharpe e Treynor. Os resultados obtidos nos mostraram que uma carteira composta com ações estatais e com uma proteção de hedge contínuo usando opções de venda foi mais lucrativa e apresentou um risco-retorno melhor do que uma carteira sem proteção no período analisado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ASSAF NETO, A. Mercado Financeiro. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

B3. Índice Bovespa (Ibovespa B3). Disponível em: http://www.b3.com.br/pt_br/marketdata-e-indices/indices/indices-amplos/indice-ibovespa-ibovespa-composicao-da-carteira.htm. Acesso em: Abril de 2023.

BANCO DO BRASIL. Acesso à Informação. Disponível em: https://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial/acesso-a-informacao#/. Acesso em: Abril de 2023.

BESSADA, O. O Mercado Futuro e de Opções. 3. ed. Rio de Janeiro: Record, 1995.

BMFBOVESPA. Variação anual (R$ / US$). Disponível em: http://bvmf.bmfbovespa.com.br/indices/ResumoVariacaoAnual.aspx?Indice=IBOV&idioma =pt-br . Acesso em: Abril de 2023.

CASTRO, C. M. A Prática da Pesquisa. 2. ed. Rio de Janeiro: Pearson Universidades, 2006.

CAPITAL Now. O que é Black and Scholes, origem do modelo e como calcular. Capital Now, 05 dez. 2019. Investimentos. Disponível em: https://www.capitalresearch.com.br/blog/investimentos/black-and-scholes/. Acesso em: Abril de 2023.

CRISE de 2008: O dia em que o Mercado Imobiliário derrubou a economia mundial. Toro Investimentos, 12 maio 2020. Disponível em: https://blog.toroinvestimentos.com.br/2008-o-ano-em-que-o-mercado-imobiliarioderruboua-economia-mundial. Acesso em: Abril de 2023.

DI PIETRO, M. S. Z. Direito administrativo. 24.ed. São Paulo: Atlas, 2011.

ELETROBRÁS. Sobre a Eletrobrás. Disponível em: https://eletrobras.com/pt/Paginas/Historia.aspx. Acesso em: Abril de 2023.

EXERCÍCIO de opções. B3, 2021. Disponível em: https://www.b3.com.br/pt_br/noticias/exerciciode-opcoes-passa-a-ser-automatico-a-partir-de-maio.html. Acesso em: Abril de 2023.

FERREIRA, G. Ibovespa cai 30% em março, maior queda mensal em 22 anos. Valor Investe, 31 mar. 2020. Disponível em: https://valorinveste.globo.com/objetivo/hora-de-investir/noticia/2020/03/31/ibovespa-temmaior-queda-mensal-em-22-anos-dolar-maior-alta-desde-ataque-as-torres-gemeas-em2011.ghtml. Acesso em: Abril de 2023.

FORTUNA, E. Mercado Financeiro: Produtos e Serviços. 12. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1999.

FORTUNA, E. Mercado financeiro: Produtos e serviços. 16. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2005.

GITMAN, L. J. Princípios da administração financeira. São Paulo: Herbra, 1997.

HISSA, M. Investindo em opções: como aumentar seu capital operando com segurança. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

HULL, J. C. Introdução aos Mercados Futuros e de Opções. 2. ed. São Paulo: Cultura Editores Associados, 1996.

HULL, John C. Fundamentos dos mercados futuros e de opções. 4.ed. São Paulo: Bolsa de Mercadorias e Futuros, 2005.

LIMA, B.; GERBELLI, L. Alvos de interferência do governo, três maiores estatais já perderam quase R$ 100 bilhões em valor de mercado neste ano. G1, 27 mar. 2021. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/03/27/alvos-de-interferencia-do-governo-tresmaiores-estatais-ja-perderam-quase-r-100-bilhoes-em-valor-de-mercado-neste-ano.ghtml. Acesso em: Abril de 2023.

MELLAGI FILHO, A. Mercado financeiro e de capitais: uma introdução. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1995.

MOURA, J. Com juros baixos, compra de ações por brasileiro aumenta. Folha de São Paulo, 11 maio 2020. Folhainvest. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/05/com-juros-baixos-compra-de-acoes-por-brasileiro-aumenta.shtml. Acesso em: Abril de 2023.

NAPOLITANO, Giuliana. Escolha o melhor fundo para você. Exame, São Paulo, p.12- 15, ago. 2004.

SILVA NETO, L. A. Derivativos: definições, emprego e risco. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

SILVA NETO, L. A. Opções: do tradicional ao exótico. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1996.

PEREIRA, V. Bolsa atinge 3,2 milhões de CPFs e vê alinhamento com longo prazo. Suno, 14 dez. 2020. Disponível em: https://www.suno.com.br/noticias/bolsa-longo-prazo/. Acesso em: Abril de 2023.

PINHEIRO, J. L. Mercado de Capitais: Fundamentos e Técnicas. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

PINHEIRO, J. L. Mercado de Capitais: Fundamentos e técnicas. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

OPÇÕES Bovespa: um guia para investir com sucesso! Riconnect, 25 ago. 2020. Disponível em: https://riconnect.rico.com.vc/blog/opcoes-bovespa-guia. Acesso em: Abril de 2023.

ROSS, S. A. et al. Fundamentos de Administração e Finanças. 9. ed. Porto Alegre : AMGH, 2013.

Downloads

Publicado

2023-11-30

Como Citar

Florindo, L. O., João França Almeida, H., & Feltrin, R. J. (2023). ESTRATÉGIA DE HEDGE COM OPÇÕES FORA DO DINHEIRO EM AÇÕES DE EMPRESAS ESTATAIS TRAZ MAIOR RETORNO? UMA ANÁLISE NO PERÍODO DE 2018 A 2021. Revista De Economia Mackenzie, 20(2), 167–190. Recuperado de https://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/rem/article/view/16196

Edição

Seção

Artigos