Lusofonias

Caminhos para tornar o ensino de língua portuguesa mais acolhedor

Autores

  • Luciana Aparecida da Silva Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Carla Batista Alves

Palavras-chave:

Ensino de português, Língua de acolhimento., Pedagogia Social

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre como é promovido o ensino de língua portuguesa para (i)migrantes e refugiados, em dois contextos educacionais diferentes, dentro da cidade de São Paulo: o do ensino regular em uma escola pública e o do trabalho social realizado na Missão Paz, instituição da Igreja Católica que acolhe e apoia (i)migrantes que estejam ou não em situação de refúgio. Buscaremos demonstrar a relevância do papel da Educação Social e do ensino de português como língua de acolhimento nesse processo de ensino-aprendizagem dos sujeitos envolvidos e o quanto se pode contribuir para uma aprendizagem mais humanizadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Aparecida da Silva, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Graduada em Letras, com especializações nas áreas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Ensino de Língua Portuguesa e Literatura. Atualmente, cursando Mestrado em Letras.

Trabalho com o ensino de Língua Portuguesa e Inglesa na Educação de Jovens e Adultos há 9 anos.

Referências

AMADO, R. de S. Português como segunda língua para comunidades de trabalhadores transplantados. Revista da Siple, ano 2, n. 1, p. 89-97, out. 2011.

AMADO, R. de S. O ensino de português como língua de acolhimento para refugiados. Revista da Siple, Brasília, ano 4, n. 2, p. 11-17, out. 2013.

ANÇÃ, M. H. Entre língua de acolhimento e língua de afastamento. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 13., 2006, Recife. Anais [...] Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2006. 1 CD-ROM.

FIORIN, J. L. A lusofonia como espaço linguístico. In: BASTOS, N. B. (org.). Língua portuguesa e lusofonia: história, cultura e sociedade. São Paulo: PUC-SP, 2006.

FREIRE, P. Educação e mudança. 12. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 42. reimp. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P.; MACEDO, D. Alfabetização: leitura do mundo leitura da palavra. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1994.

PEREIRA, G. F. Práticas para o ensino de português como língua de acolhimento em contexto escolar não formal: uma pedagogia intercultural. 2017. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2017.

SOUZA NETO, J. C. Pedagogia Social: a formação do educador social e seu campo de atuação. Cadernos de Pesquisa em Educação, Vitória, v. 16, n. 32, p. 29-64, 2010.

Downloads

Publicado

2020-11-18

Como Citar

Silva, L. A. da, & Batista Alves, C. (2020). Lusofonias: Caminhos para tornar o ensino de língua portuguesa mais acolhedor. Cadernos De Pós-Graduação Em Letras, 20(3), 50–63. Recuperado de https://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/cpgl/article/view/13943