Chamada de Artigos Revista de Direito Mackenzie 2019 (v. 13.1)

A Revista Direito Mackenzie (RDM) convida a comunidade acadêmica a submeter artigos científicos inéditos para publicação na edição 13.1 referente ao primeiro semestre de 2019. Trata-se de periódico vinculado ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito Político e Econômica da Universidade Presbiteriana Mackenzie, de importante repercussão no cenário jurídico nacional que tem se preocupado, cada vez mais, em atender as regras do sistema de avaliação Qualis/CAPES, notadamente, no que diz respeito à titulação, à exogenia e à internacionalização de autores e pareceristas.

Conheça as três últimas publicações pelos seguintes links:


Prazo para a próxima edição e Fluxo Contínuo

O prazo de envio dos artigos para esta edição é até 10 de maio de 2019. Textos enviados fora do referido prazo serão, se aprovados, incluídos nos números seguintes. A RDM recebe artigos durante todo ano por meio de fluxo contínuo. O envio dos manuscritos deve ser feito pela plataforma SEER, no site:  http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/rmd/login

 

Proposta da Revista

A Revista publica artigos nas seguintes linhas de pesquisa:

a) Cidadania Modelando o Estado;

b) Poder Econômico e seus Limites Jurídicos;

c) Historicismo do Direito, Racionalidade Jurídica e Sistemas Sociais.

 

Diretrizes para Autores

Serão aceitos para publicação somente artigos inéditos, escritos por autores com título de doutorado. Excepcionalmente artigos de mestres serão aceitos, desde que possuam como coautor um doutor ou a pesquisa seja financiado por agência de fomento nacional ou internacional.

Os trabalhos submetidos poderão ser redigidos em espanhol, francês, inglês e italiano.

Caso o artigo contenha imagens fotográficas e/ou desenhos gráficos, estes deverão ser submetidos em formato original, em arquivos separados, não inseridos no texto. Deve ser indicado no arquivo de texto o local aproximado onde devem ser inseridas as figuras com os títulos. A publicação dos artigos está sujeita à aprovação prévia dos Editores da revista, após o que os mesmos serão submetidos à avaliação do tipo double blind review feita por, pelo menos, dois pareceristas. A aceitação final dos artigos depende de recomendação dos pareceristas e aprovação final pela Comissão Editorial. A matéria dos originais deverá conter, na seguinte ordem:

- Título do texto no idioma original e em inglês;

- Resumo em um único parágrafo, entre 100 a 150 palavras, acompanhado de três palavras-chave.

- Abstract em inglês, seguindo as mesmas normas do Resumo;

- Texto completo do artigo seguirá as seguintes regras:

a) arquivo word (.doc ou .docx);

b) tamanho A4, posição vertical;

c) fonte Times New Roman tamanho 12;

d) alinhamento justificado sem separação de sílabas;

e) espaçamento 1,5;

f) parágrafo 2 cm;

g) citações diretas, de até três linhas, no corpo do texto entre aspas (NBR 10520:2002, item 5.2);

h) citações diretas com mais de três linhas em destaque, com recuo de 4,0 cm e fonte Times New Roman tamanho 11 (NBR 10520:2002, item 5.3);

i) margens superior e esquerda 3 cm, inferior e direita 2 cm;

j) As citações no interior do texto devem obedecer à formatação autor/data.

Corpo do texto:  I) Introdução: Deve conter a delimitação do problema de pesquisa, os objetivos da pesquisa e elementos que contextualizem a temática do artigo a uma das linhas de pesquisa propostas pela Revista;

II) Desenvolvimento: Parte principal do artigo que contém a descrição ordenada e pormenorizada do assunto central do artigo (ABNT NBR 6024);

III) Conclusão/Resultado da Pesquisa: Contendo a resposta da pergunta problema desenvolvida no texto com as conclusões do(s) autor(es).

 

 Referências

É um elemento obrigatório e sua elaboração é responsabilidade do autor. O modelo adotado pela Editora Mackenzie é a norma proposta pela ABNT e traz dois tipos de elementos: os essenciais e os complementares.

Os elementos essenciais são todas as informações indispensáveis à identificação do documento e os complementares são as informações que, somadas aos essenciais, caracterizam melhor os documentos. Em determinados momentos, os elementos complementares podem tornar-se essenciais. A estrutura de referência adotada pela Editora Mackenzie apresenta o seguinte padrão:

- Títulos de obras são destacados apenas em itálico e grafados dessa forma: em caixa alta apenas a primeira palavra do título e nomes próprios; e em caixa baixa as demais palavras do título.

- Último sobrenome do autor sempre em caixa alta.

- Como abreviatura de página é utilizado "p.". Indicação de edição, sempre com numerais arábicos, com ponto, e seguidos da abreviatura "ed.".

- No caso de existirem na lista várias referências a obras de um mesmo autor, a entrada pode ser substituída por um traço sublinear (equivalente a seis espaços da letra utilizada no texto) e ponto a partir da segunda referência, desde que na mesma página.

- Quando houver a informação do tradutor, em casos de obras estrangeiras, este dado deverá vir após o título da obra. Utiliza-se “Tradução:” em caixa alta e baixa, sem itálico, seguida pelo nome do tradutor.

- Quando houver indicação de responsabilidade pelo conjunto da obra, em coletânea de vários autores, a entrada deve ser feita pelo nome do responsável, seguida da abreviatura, no singular, do tipo de participação – organizador, compilador, editor, coordenador, etc., entre parênteses.

 

Da Avaliação

Os artigos científicos são submetidos a avaliação no método double blind peer review (duplo cego).

Interessados devem consultar o site da Revista em http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/rmd/login para informações detalhadas e regras de publicação.

 

Saudações acadêmicas!

 

Professor Doutor Felipe Chiarello de Souza Pinto - Editor Acadêmico

Professor Doutor José Francisco Siqueira Neto - Editor Adjunto

Professor Doutor Fernando Rister de Sousa Lima - Editor Executivo

Doutoranda Melina Ferracini de Moraes – Assistente Editorial