EFEITO DO EXERCÍCIO FÍSICO SOBRE A FORÇA MUSCULAR DE ADOLESCENTES COM SÍNDROME DE DOWN

Everaldo Lambert Modesto, Eloise Werle de Almeida, Iago Gentil Carani, Márcia Greguol

Resumo


O objetivo do presente estudo foi verificar os efeitos de um programa de intervenção de 12 semanas de treinamento aeróbio e resistido sobre a força muscular de adolescentes com síndrome de Down. Contou com 41 sujeitos, com idade média de 15,4 (±2,9) anos. Divididos em três grupos: treinamento aeróbio, resistido e grupo controle. Foram realizadas avaliações pré e pós-treinamento, com testes de 1-RM de remada alta e cadeira extensora, e preensão manual. Utilizadas estatísticas descritivas para obtenção de média e desvio padrão, e teste t-Student para comparação dos dados pré e pós. O nível de significância adotado foi p<0,05. O treinamento aeróbio se mostrou mais efetivo, acarretando alterações positivas em todas as variáveis, exceto preensão manual.

Palavras-chave: síndrome de Down; treinamento resistido; exercício físico.


Texto completo:

PDF