Do tecnicismo ao discurso crítico: a educação física nos documentos curriculares da rede municipal de ensino de Curitiba (1968-1997)

  • Ana Paula Henklein Prefeitura Municipal de Curitiba -Brasil
  • Marcelo Moraes e Silva Universidade Estadual de Campinas – Brasil Faculdade Bagozzi – Brasil

Resumo

O presente artigo busca compreender como se deu a passagem de um discurso tecnicista para um crítico nos  documentos oficiais relativos à disciplina de Educação Física, produzidos pela Prefeitura Municipal de Curitiba (PMC). Para alcançar esse fim, foram analisadas as prescrições educacionais produzidas no município entre os anos de 1968-1997. À guisa de conclusão, o texto aponta que o discurso crítico foi muito importante para o campo, especialmente por apontar novos rumos para área. Contudo, também se assinala que é necessário problematizar tais pontos, pois a escola e a disciplina de Educação Física possuem uma variedade cultural muito mais ampla do que as apregoadas pelo discurso crítico.

Palavras-chave: Educação Física; currículo; discurso crítico.

 


Publicado
2012-03-22