A interação das pessoas com Síndrome de Down em atividades na água

Camila Bueno de Carvalho, Mayara Vano Aricó de Almeida, Graciele Massoli Rodrigues, Marcelo Conte

Resumo


A Síndrome de Down é uma anomalia que se encontra dentro das deficiências mentais causadas por um acidente biológico. O interacionismo simbólico enfatiza o processo cognitivo (pensamento e raciocínio), mas enfatiza muito mais a interação do indivíduo com a sociedade. O presente estudo teve como objetivo avaliar as implicações (ou efeitos) da natação na interação da pessoa com Síndrome de Down. O método de pesquisa foi descritivo qualitativo, com o instrumento do tipo de questionário com perguntas abertas para os professores e pais dos alunos com Síndrome de Down. Para isto foram questionados 06 sujeitos, sendo 3 professores de Educação Física Adaptada e 3 sujeitos da família (mãe e pai) de pessoas com Síndrome de Down, ambos praticantes de atividades aquáticas/natação em um Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas. A análise dos dados foi realizada com base na análise do sujeito coletivo. Nos resultados encontrados pudemos identificar que a interação do ponto de vista dos professores acontece com os alunos e eles mesmos, já para os pais isso não fica evidente, isso ocorre somente com o professor. Assim, podemos concluir que a natação influencia na interação da pessoa com Síndrome de Down e isso pode se desdobrar nas possíveis interações que o indivíduo realiza na sociedade.


Texto completo:

PDF