Avaliações fisiológicas adaptadas à roedores: aplicações ao treinamento em diferentes modelos experimentais

  • Claudio Alexandre Gobatto UNESP Rio Claro
  • Maria Alice Rostom de Mello UNESP Rio Claro
  • Fúlvia de Barros Manchado Gobatto UNESP Rio Claro
  • Marcelo Papoti UNESP Rio Claro
  • Fabrício Azevedo Voltarelli UNESP Rio Claro
  • Ricardo Vinícius Ledesma Contarteze UNESP Rio Claro
  • Gustavo Gomes de Araujo UNESP Rio Claro

Resumo

Importante recurso em fisiologia do exercício é a simulação de condições em modelos animais. Nosso Laboratório vem adaptando e desenvolvendo métodos de avaliação e treinamento para roedores em distintas condições experimentais. O objetivo desse artigo foi apresentar e discutir protocolos de avaliação física e sua aplicação à roedores nadadores e corredores. Dentre os testes invasivos aeróbios podemos destacar a máxima fase estável de lactato, o protocolo do lactato mínimo e o método de duplos esforços não exaustivos. Por outro lado, adaptar o modelo não invasivo de potência crítica permite estimativas aeróbias e anaeróbias em ratos e camundongos. A revisão destaca preocupação ao desenvolvimento de ferramentas sensíveis à avaliação da evolução aeróbia e anaeróbia de animais em experimentos envolvendo treinamento físico.

Publicado
2009-08-06